quarta-feira, 13 de abril de 2016

COMO FAZER UM QUADRO VIVO DE SUCULENTAS



Como fazer seu quadro vivo de suculentas – passo a passo

Jardim vertical é uma moda que veio para ficar, afinal ele é um sucesso e vem a calhar com a tão comum falta de espaço. Além de ser uma solução muito criativa e útil, não tem quem não goste!

Quem nos ensina a fazer são os especialistas Cara e Will Meyers, da Califórnia. Eles chamam a atenção para alguns detalhes antes de começar a montagem: escolha suculentas que fiquem pequenas, busque variedades de tons – 3 ou 4 seriam ideais. Se o quadro for para área interna, veja quais são as espécies que se adaptam melhor.

Sugerem, também, trabalhar fazendo uma linha diagonal no quadro por cores ou espécie, como se fosse um caminho ou um rio de suculentas, e trabalhando as laterais mais livremente.

Para fazer seu quadro de suculentas você vai precisar de:

(1) uma moldura de quadro, que você pode garimpar em lojas de usados, ou fazer conforme sua criatividade;
(2) uma estrutura de madeira para fazer as laterais da caixa (profundidade);
(3) uma placa de madeira fina para fechar o fundo (tampa);
(4) uma tela de arame com quadradinhos pequenos para segurar o solo (mas grande o suficiente para os caules das plantas) cortada do tamanho exato do quadro;
(5) terra própria para plantio e as mudas de suculenta.

Passo a passo




1- Comece fixando a estrutura de madeira no verso da moldura usando grampeador próprio para madeira ou preguinhos, depois fixe a tela de arame na parte da frente da moldura e, na sequência, a tampa que fecha o fundo do nosso quadro/caixa.

2- Opte por madeiras resistentes à umidade, como o cedro. Agora é a hora de pintar nossa peça com uma tinta própria para madeira. Depois da tinta seca é o momento do plantio.

3- Encha a caixa com o solo pelos buraquinhos da tela, agitando para distribuir melhor a terra, até que todo o espaço – até o limite da tela de arame – esteja preenchido.

4- Com ajuda de um lápis ou uma varinha, faça o buraco no solo onde vai começar a plantar. Meyers diz que gosta de começar por um dos cantos superiores, fazendo justamente a linha diagonal (rio ou caminho de suculentas).


5- Para plantá-las, basta inserir a planta no sulco, deixando a roseta apoiada na tela. Elas criam raízes facilmente, então comece pelas maiores, plantando-as próximas o suficiente para formar o quadro, mas considere deixar um pouco de espaço, já que com o tempo elas crescem e fecham todas as lacunas.

6- Deixe o quadro “deitado” e longe da exposição direta à luz do sol por uma ou duas semanas, tempo em que as plantas vão criar raízes, e não molhe nesse período. Aos poucos, aumente a exposição ao sol.

7- A rega deve ser feita apenas 1x na semana no verão e, no inverno, de 1 a 2x ao mês, deitando o quadro e umedecendo a terra sem encharcar (não molhar as folhas, só a terra). Espere secar um pouco e depois devolva ao local escolhido, que pode ser uma parede, em cima de uma prateleira, móvel, etc. Cuide para que as suculentas, mesmo em área interna, recebam direta ou indiretamente luz solar.

Imagens: Reprodução – Etsy

Fonte:

https://lar-natural.com.br/como-fazer-seu-quadro-vivo-de-suculentas/