sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Pracaxi - benefícios, propriedades e ficha técnica


Vagem e sementes de pracaxi (Pentaclethara macroloba Wild) 


Originária da Amazônia, o pracaxizeiro é uma árvore muito popular. Sua casca é adstringente e de suas sementes é retirado o óleo, com diversas utilizações medicinais e estéticas. De seu óleo também são produzidos sabões manteigas vegetais. A maior utilização das árvores ainda é a madeira (advindo daí o problema da devastação), muito utilizada para a fabricação de móveis e dormentes de trilho. A devastação desenfreada se reflete na diminuição da produção de frutos e, consequentemente da massa oleosa. O óleo vegetal, devido ao elevado valor nutritivo e múltiplos empregos na indústria, constitui um grande potencial de expansão.

O pracaxizeiro é uma árvore leguminosa fixadora de nitrogênio no solo, com grande potencial de regeneração florestal e recuperação de áreas degradadas. A população local utiliza o óleo de pracaxi para curar ferimentos e ainda aproveitam a casca e o caule em emplastros preparados para combater efeitos de envenenamento de animais peçonhentos. As sementes são coletadas pela população ribeirinha e secas ao sol, para posterior prensagem e produção do óleo.


FICHA TÉCNICA

Nome científico: Pentaclethara macroloba Wild
                          Pentaclethara filamentosa

Família: leguminosae

Origem: Amazônia

Ocorrência: todo Brasil setentrional, Guianas, Trinidad e algumas regiões da América Central.

Características: os frutos possuem forma de vagem, com 20 a 25 cm de comprimento, contendo 4 a 8 sementes.

Uso popular: as sementes produzem um óleo comestível. O óleo de pracaxi também possui uma poderosa ação cicatrizante de feridas e úlceras, sendo indicado seu uso pós-cirúrgico. Utilizado também em cosméticos e estética.

Composição química: o ácido oleico é o principal constituinte graxo, seguido pelo ácido behênico. Na fração esterólica do material insaponificável, o principal componente é o estigmasterol.

*Composição em ácidos graxos
Palmítico: 3,20%
Esteárico: 1,83%
Oleico: 65,4%
Linoleico: 8,97%
Behenico: 13,72%
Lignocerico: 6,86%

*Composição dos esteróis
Ponto de fusão: 130-134ºC
Campesterol: 6,28%
Estigmasterol: 53,96%
B-Sitosterol: 33,54%


BENEFÍCIOS




As substâncias contidas no óleo de pracaxi mantém a pele macia e aveludada e atuam como um filme silicone que evita a perda de umidade colaborando com a regeneração celular. Excelente como hidratante e no combate à rugas e linhas finas.
Possui propriedades antibacterianas, antivirais, antissépticas, anti-hemorrágicas e inseticidas. Melhora a aparência de estrias e evita o surgimento de novas. Acne e manchas na pele também são suavizadas com o uso do óleo de pracaxi.
Forma de uso: Use diretamente na pele limpa. Para tratamentos faciais, pode-se utilizar o óleo de pracaxi em séruns naturais. Veja mais dicas aqui e aqui.

Nos cabelos ajuda a reconstruir os fios e fecha as cutículas, fortalecendo e gerando um efeito de cauterização. Forma de uso: Use 2 colheres (sopa) de óleo de pracaxi para cada 100g de máscara capilar (base neutra) ou, se preferir, você pode fazer tratamentos mais específicos para cada tipo de dano enriquecendo-o com óleos essenciais. Clique aqui e veja mais sugestões.

Na massagem, os efeitos do óleo de pracaxi são maravilhosos. Utilize-o em massagens relaxantes ou auto-massagens (clique aqui e veja as dicas). Forma de uso: para 10 ml de óleo de pracaxi, utilize 4 a 5 gotas de óleo essencial.

Como uso medicinal é empregado em feridas, úlceras, cortes e escaras. Muito utilizado em tratamentos pós-cirúrgicos, para cicatrização e em emplastros nos tratamentos de picadas de cobras, aranhas e escorpiões. Formas de uso: para cortes e cicatrização em geral, aplique o óleo diretamente na pele.

No banho, o óleo de pracaxi pode ajudar a amenizar dores musculares (nos banhos de imersão) ou atuar como hidratante corporal. Formas de uso: você pode fazer um banho de imersão acrescentando uma colher (chá) do óleo em uma banheira cheia. Em banhos de chuveiro, use-o como um óleo de banho hidratante, aplicando uma pequena quantidade sobre a pele úmida e espalhando bem. Se desejar enriquecê-lo, utilize óleos essenciais ou hidrolatos (para fazer um óleo bifásico) se preferir uma textura mais leve.

Fonte: http://aromasvitais.blogspot.com.br/2015/07/pracaxi-beneficios-propriedades-e-ficha.html?view=flipcard
Referências:

LAGO, R. C. A.; SIQUEIRA, F. A. R. de. Composição química dos óleos de pracaxí e andiroba. p. 1-16. EMBRAPA.Boletim do Centro de Tecnologia Agrícola e Alimentar. Rio De Janeiro, nº 14, 1980.

SILVA. Rogério Cavalcante. Plantas da Amazônia na saúde bucal./Rogério Cavalcante Silva. 2ª Ed. - Rio Branco (AC). Edição do Autor, 2011.

Material on line:

LASZLO. Pracaxi - a 8ª maravilha da amazônia. Informativo - Aromaterapia, produtos e seus benefícios. Postagem. 
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.488030727934544.1073741830.208799552524331&type=3

ÓLEO BENEFÍCIOS. Óleo de Pracaxi - benefícios e propriedades.
http://www.oleobeneficios.com.br/oleo-pracaxi-beneficios-propriedades/