sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Ficha aromática: Helichrysum sp.

Seu nome científico que designa o gênero Helichrysum é uma palavra composta que se refere às suas flores amarelas e que deriva do grego "hélios" (sol) e "chrysos" (ouro) 

Helichrysum sp é uma planta típica da região do mediterrâneo. É uma planta pequena, com caule lenhoso, verde claro e folhas quase brancas. No final do verão, formam flores amarelas. Embora sua origem seja incerta, sabe-se que tem sido utilizada em toda a Europa desde a era medieval.
 
Helichrysum miller  é um gênero que pertence à familia Asteraceae e compreende mais de 600 espécies, algumas das quais tem sido tradicionalmente usadas para fins medicinais: H. italicum, H. stoechas, H. angustifolium. O mais frequentemente utilizado é um arbusto aromático de 50-70 cm de altura vulgarmente conhecido como "Perpétua-das-areias", "Immortelle" ou "Everlasting". Foram ainda identificadas três subespécies de Helichrysum italicum: H. microphyllum (originário das ilhas Baleares, Sardenha e Córsega), H. serotinum (Península Ibérica) e H. italicum (Bacia mediterrânica). As pesquisas destas subespécies apresentam tem evidenciado principalmente suas propriedades antiinflamatórias, antivirais, antimicrobianas e antioxidantes.






Partes utilizadas: flores
 
Método de extração: destilação à vapor
 
Cor: de amarelo pálido a vermelho
 
Aroma: seu aroma lembra palha com tons de mel e chá
 
Principais componentes: canfeno, mirceno, linalol, B-pineno, geraniol, limoneno, 1,8-cineol, terpinen-4-ol, acetato nerilo, italidone, A-pineno, B-dicetonas;
Combina bem com: lavanda, camomila, jacarandá, bergamota, rosa, vetiver, musgo de carvalho, néroli, mimosa, gerânio, cipreste.
 
Propriedades terapêuticas do helichrysum: analgésico, antiinflamatório, antialérgico, antibacteriano e antiviral.
 
Mente: é um óleo muito útil para aqueles que sofrem de problemas psicológicos e emocionais. Cura emoções não resolvidas e coloca o indivíduo em contato com seus sentimentos, dando-lhes uma sensação de paz profunda. O óleo de helichrysum é até hoje muito utilizado por curandeiros indígenas.
 
Corpo: útil no tratamento de acnes e cicatrizes, contusões claras (incentivando os tecidos a absorver o sangue de volta, cicatrizando a ferida rapidamente). Há indícios de que também ajuda na cicatrização de ossos, reduzindo pela metade o processo de cura. Indicado também para o tratamento de hipertensão arterial e palpitações cardíacas.
Atualmente, há estudos em andamento sobre as propriedades antienvelhecimento deste óleo essencial, já que este parece apresentar propriedades antioxidantes.
 
Precauções: é considerado um óleo não tóxico. No entanto, deve-se evitar o uso em crianças menores de 12 anos (salvo sob orientação de um profissional) não por causar danos físicos, mas por afetar profundamente os estados emocionais da pessoa. Não eve ser usado durante a gravidez e a lactação.

Referências:
 
Fonte:  http://aromasvitais.blogspot.com.br/2013/07/ficha-aromatica-helichrysum-sp.html?view=flipcard